Apamagis celebra 70 anos em cerimônia especial realizada no Palácio da Justiça

7 de março de 2023

A Apamagis celebrou seus 70 anos de existência com uma cerimônia especial realizada nesta segunda-feira (6/3), no Palácio da Justiça, sede do Poder Judiciário paulista. Na solenidade, a presidente Vanessa Mateus, da Apamagis, entregou uma placa comemorativa aos ex-presidentes e familiares dos que já faleceram. Estiveram presentes cerca de 200 pessoas, entre integrantes da diretoria, ex-presidentes, magistrados, advogados, autoridades do Poder Executivo estadual, do Judiciário e do Legislativo.

Compuseram a mesa da cerimônia, pela Apamagis, Vanessa Mateus; o desembargador Walter Barone, 1º vice-presidente; o 2º vice-presidente, Thiago Massad; o presidente do Conselho, Carlos Fonseca Monnerat, o presidente do TJSP, desembargador Ricardo Mair Anafe; o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski; o secretário estadual da Justiça e Cidadania, desembargador Fábio Prieto de Souza – representando o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas.

Vanessa Mateus entrega placa de homenagem ao ministro Lewandowski, ao lado do presidente do TJSP, Ricardo Mair Anafe | Foto: Ariane Martins

Também formaram a mesa o senador Alexandre Luiz Giordano; o vice-presidente do TJSP, desembargador Guilherme Gonçalves Strenger; o corregedor-geral da Justiça de São Paulo, desembargador Fernando Antonio Torres Garcia; o presidente da Seção de Direito Privado do TJSP, desembargador Artur César Beretta da Silveira; o desembargador Wanderley José Federighi,  presidente da seção de Direito Público do TJSP; e José Carlos Consenzo, vice-procurador do Ministério Público do Estado de São Paulo.

‘Somos o braço político da Magistratura’

A solenidade, realizada às 18h30, no Salão dos Passos Perdidos, contou com uma homenagem especial ao ministro do STF, Ricardo Lewandowski, diretor da Associação entre 1992 e 1995 e prestes a se aposentar. Antes dos pronunciamentos, foi apresentado aos presentes um breve vídeo sobre a história da Apamagis.

Presidência da Apamagis ao lado do senador Alexandre Luiz Giordano e Ricardo Mair Anafe | Foto: Ariane Martins

Em seguida, Vanessa Mateus saudou a todos e se disse honrada em presidir a Associação em seu aniversário de 70 anos. “Trata-se de uma história longa. Quis o destino que essa comemoração coincidisse como uma quebra de paradigma: a primeira mulher ocupando a presidência da Associação. Hoje, podemos dizer que somos o braço político da Magistratura na interlocução com o Poder Legislativo e com o Executivo”, afirmou.

Posteriormente, Vanessa Mateus homenageou os nomes das várias pessoas que ajudaram a construir a Associação. “Meu papel nesse momento é apenas o de registrar a presença de cada um de vocês, que contribuíram com essa história colocando um tijolo nessa Associação. Essa solenidade, em um lugar tão especial, tem esse objetivo: lembrar da nossa história para tornar cada vez mais sólidas as bases sobre as quais nós construímos o nosso futuro”, afirmou a presidente antes de anunciar a fala do ministro Lewandowski: “Poucas pessoas acolheram e brigaram pelo Judiciário como ele. Não houve um momento em que as associações não foram recebidas pelo ministro, um assunto em que ele não tenha se disposto a nos ouvir”.

Ex-presidentes e familiares recebem placa de homenagem durante a solenidade | Foto: Ariane Martins

Em seu discurso, o ministro disse que “essa é uma data extremamente importante; a Apamagis é uma verdadeira instituição. Quem sobrevive mais de 50 anos é de caráter histórico. Os presidentes que aqui estão e os que não estão empreenderam uma corrida de revezamento para construir essa história”.

Na sequência, Lewandowski relembrou algumas das lutas empenhadas pela Apamagis ao longo dos anos, como no auxílio à elaboração da Constituinte de 1988 e na reforma do Judiciário. “A Associação sempre atuou para manter as prerrogativas dos magistrados. Tenho grande orgulho de ter ingressado na Apamagis há 32 anos. É uma grande família, criei os meus filhos e os netos na Apamagis. Desejo longa vida à Apamagis, aos juízes e juízas de São Paulo”, frisou o ministro.

O desembargador Fábio Prieto de Souza felicitou a todos em nome do governador e relembrou o período da Constituinte, na qual as associações tiveram o papel de “mensageiras da história dos juízes”, que “fazem fluir o que cada um de nós é na Magistratura”. Em sua fala, o secretário ressaltou ainda o significado especial do Tribunal de Justiça. “Defendi o Tribunal de Justiça em duas oportunidades, no momento em que não tínhamos no CNJ juízes como Ricardo Lewandowski. Parabéns à Apamagis e ao nosso Tribunal de Justiça, uma catedral do Direito.”

Composição da mesa solene, no Salão dos Passos Perdidos | Foto: Ariane Martins

Encerrando a solenidade, o presidente do TJSP – associado há 37 anos – expressou a honra do Tribunal de Justiça em receber em suas dependências o ato comemorativo da Apamagis. Corroborando as palavras do ministro Lewandowski, o desembargador Ricardo Mair Anafe afirmou que o evento marca os 70 anos de um movimento associativo e institucional.

“A Apamagis não é apenas um movimento associativo, mas um movimento institucional na defesa do Estado de Direito. Quando ela [Associação] defende a instituição, defende a prerrogativa da população de ter um Judiciário independente e autônomo. As prerrogativas dos juízes são prerrogativas da sociedade brasileira; não são vantagens nem benesses”, afirmou Anafe.

Veja as fotos do evento no flickr da Apamagis!

Assista ao vídeo institucional no canal da Apamagis no Youtube!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • A Apamagis (Associação Paulista de Magistrados), em relação às diligências realizadas nesta data, referentes à […]

  • Na próxima semana, dia 26/6, o Departamento Feminino e de Ação Social promoverá um almoço […]

  • O Jantar do Dia dos Namorados, planejado pelo Departamento Feminino e de Ação Social da […]

NOTÍCIAS RELACIONADAS